Em jogo que sofreu um atraso de aproximadamente de 2h não por conta o blecaute que vitimou toda a região nordeste e sim, por falta de manutenção dos geradores do Estádio Presidente Vargas que não funcionaram, o Esporte Clube Vitória, com um time alternativo derrotou com enorme e esperada facilidade o Ferroviário, que por sua vez mandou para o campo de jogo um time 100% reserva pelo placar de 3 x 1, em ritmo de treino e observações para o técnico Vagner Mancini.
Denílson, Alex Baumjohann e Yago de falta e pênalti marcaram os gols do Vitória todos eles ainda no primeiro tempo. Lucas descontou para o time cearense.
Com o resultado, o Vitória e ABC ambos com 10 pontos são os classificados do Grupo C para as quartas de finais da competição. Existe ai uma imaginaria possibilidade do Vitória perder a vaga tendo como base uma suposta imprevisibilidade do futebol, , no entanto, para isto acontecer será preciso perder para o GLOBO dentro do Barradão, mas não basta perder, e sim, receber uma goleada história (3 x 0) que até mesmo o rei da prudência haverá de desconsiderar.
A briga no GRUPO se reduz exclusivamente pelo primeiro lugar entre Vitória e ABC que enfrentam GLOBO e Ferroviário respectivamente na última rodada da fase de grupo. Quem acabar nesta condição terá o direito de fazer o 2º jogo das quartas dentro de casa. Neste momento, Vitória amparado pelo critério de desempate dos gols marcados ocupa a 1ª posição.
O Esporte Clube Vitória deixa a capital cearense nesta quinta-feira às 12h30 e já nesta sexta-feira inicia os preparativos para o duelo contra o Bahia de Feira valendo pela semifinal do Campeonato Baiano.