Fernanda Alves contou que pagou R$ 500 para matar Jumaria Barbosa; vítima foi morta dentro de uma academia, em Lauro de Freitas.


A dona de casa Fernanda dos Santos Alves, 37 anos, foi presa suspeita de mandar matar a própria amiga, Jumaria dos Santos Barbosa, 41. A vítima foi assassinada a tiros dentro de uma academia, em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador. O crime aconteceu em abril deste ano.
Segundo a polícia, Fernanda acreditava que Jumaria fez um ‘trabalho espiritual’ para separá-la do marido, e pagou R$ 500 para matar a amiga. Ela foi apresentada nessta segunda-feira (7), na sede da Polícia Civil, em Salvador. O titular da 23ª Delegacia (Lauro de Freitas), Joelson Reis, contou que tudo começou em outubro do ano passado, quando as duas mulheres se conheceram no aniversário de uma amiga que tinham em comum. Fernanda soube que Jumaria lia tarô e fazia trabalhos espirituais e resolveu fazer uma consulta com a amiga. O objetivo dela era tentar se reaproximar do marido.