000











Excesso de gases, dores abdominais e prisão de ventre podem ser indicativos de que o intestino não está recebendo a devida atenção. Segundo uma pesquisa organizada pela Federação Brasileira de Gastroenterologia (FBG), que contou com 3.029 participantes, 66% das mulheres admitiram sentir algum desconforto gastrointestinal.

Quase metade (46%) se queixou de gases e 43% reclamam de intestino preso. O presidente da FBG, Flávio Quilici, comentou que a maioria das mulheres acha normal defecar apenas duas ou três vezes por semana, mas o especialista alerta que não é. De acordo com o site da revista Boa Forma, o intestino fora do normal afeta o dia a dia das entrevistadas: 89% confirmaram alteração de humor, 88% perdem a concentração e 79% sentem prejuízos na vida sexual. A nutricionista Ana Paula Del’Arco, coautora da pesquisa, diz que é um erro grave não dar ao intestino a atenção que ele merece “O órgão não só absorve os nutrientes como está relacionado à imunidade. Nossas defesas dependem dele!”, alerta ela. O esudo concluiu que as principais causas de alterações intestinais são hábitos ruins.

Veja quais: 

:: Continue Lendo »