Jornalista estava passando as férias com a família em Portugal, quando passou mal e foi à óbito, após uma parada cardiorrespiratória.


O jornalista Artur Almeida, 57 anos, morreu na noite desta segunda-feira (24) em Portugal onde passava férias. As primeiras informações da família são de que ele teve uma parada cardiorrespiratória, chegou a ser socorrido mas morreu a caminho do hospital. Ainda não se tem detalhes das causas da morte. Ele era editor-chefe, apresentador do MGTV 1ª edição e trabalhava na TV Globo Minas há mais de 20 anos. Artur deixa a mulher e três filhas. Minas Gerais perde com certeza um dos seus jornalistas mais importantes e a Globo Minas perdeu um colega, um amigo que deixa uma lacuna profissional imensa e principalmente uma enorme saudade.