PATROCINADORES


quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

IBITIARA: BLOG VISITA DONA EDITE DO CALDEIRÃO UMA DAS ÚLTIMAS RENDEIRAS DA REGIÃO ( VEJA MATÉRIA)


A mulher rendeira faz parte do imaginário popular brasileiro e é, desde muito, transmissora de um conhecimento que, mesmo não fazendo parte do que se considera educação formal, ela existe e tem sua importância social. Este conhecimento permeia a história de muitas famílias de mulheres que ainda tentam transmiti-lo para as novas gerações. Daí a necessidade de entendimento de um cotidiano que, além de tradicional, alinha-se e se insere às necessidades do mundo de mercado sendo, ao mesmo tempo, trabalho de mulheres e modo de produção de riqueza.

O ofício de rendeira proporciona uma viagem ao imaginário feminino são mulheres que tecem o dia a dia com finos fios. A força que emana da tradição de tramar as linhas é real. E o fio que conecta essas mulheres, entre gerações de uma mesma família, é que parece torná-las o que são: mulheres que lutam bravamente e que, ao mesmo tempo, desempenham um ofício minucioso e delicado. Com paciência e maestria seguem fazendo a renda da mesma forma que outras muitas gerações de mulheres de sua família já faziam, mas revisitam e atualizam as formas e os pontos que fazem hoje. De modo que estão, ao mesmo tempo, com um pé no passado e outro no presente.
A Equipe do Blog Liberdade Bom Sucesso esteve visitando na tarde desta quarta-feira(30), uma destas lendas vivas, foi na comunidade de Caldeirão de Ibitiara,residencia da Dona Edite Avelina dos Santos ,aos 73 anos, que começou a fazer cobertor(Bitu),aos 19 anos aprendendo com sua mãe na localidade de Lagoa Danta de Ibitiara,Dona Edite passa seus momentos na roda de fiar preparando os rolo de algodão e depois tecendo as peças e terminado o cobertor que vende pelo preço de R$ 60,00 .Fotos de Andreia e Nengo para o Blog Liberdade Bom Sucesso.
 
   













Nenhum comentário:

Postar um comentário