PATROCINADORES


quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

FALHA HUMANA GROSSEIRA DERRUBOU O AVIÃO DA CHAPECOENSE


AFP PHOTO / STR / Raul ARBOLEDA
AFP PHOTO / STR / Raul ARBOLEDA
“Somente duas coisas são infinitaso Universo e a estupidez humana. E não estou seguro quanto à primeira”, afirmava o cientista Albert Einstein.
Tudo leva a crer que o desastre aéreo que enlutou o esporte nacional e dezenas de famílias aconteceu pela prosaica falta de combustível.
O plano de voo da Lamia, a empresa venezuelana que operava na Bolívia, deveria contemplar uma escala para reabastecimento e operava no limite da autonomia da aeronave, segundo jornais e televisões de todo o mundo comentam. 
A iminência de pane seca não foi acusada pelo comandante da aeronave à torre de controle de Medellin porque ele poderia perder a habilitação para voar por até 5 anos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário