JAQUES WAGNERO ex-governador da Bahia e ex-ministro da Casa Civil do governo Dilma Rousseff (PT), Jaques Wagner (PT), foi nomeado na edição deste sábado (19) do Diário Oficial do Estado como coordenador-executivo do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Codes) do governo Rui Costa (PT), instância vinculada à Secretaria de Planejamento comandada pelo vice-governador João Leão (PP). O cargo não tem status de secretaria e, por isso, Wagner não terá foro privilegiado. Portanto, o inquérito que o investiga, dentro da Operação Lava Jato, continua nas mãos do juiz Sergio Moro. A nomeação de Wagner, entretanto, acontece na mesma semana em que dois ex-governadores do Rio de Janeiro – Anthony Garotinho (PR) e Sérgio Cabral (PMDB) – foram presos pela Polícia Federal. Há um mês se cogitava nos bastidores do governo que, passada a quarentena de ministro, Wagner deveria assumir uma chamada “supersecretaria” na administração de Rui. Depois disso, Rui teria chegado a cogitar a designá-lo para comandar da Fundação Luis Eduardo Magalhães. A coisa afunilou para o Conselho de Desenvolvimento Econômico. Wagner foi governador por dois mandatos, entre 2007 e 2014. (Fonte: Rede Brasil)