PATROCINADORES


segunda-feira, 14 de novembro de 2016

FRENTE AO PERIGO DO PROCESSO,JORNALISTA FAZ XIXI PARA ATRÁS


200px-alexandre_garcia_2009O jornalista, ex-coleguinha de faculdade e apresentador da TV Globo, Alexandre Garcia, ao comentar uma reportagem da Revista IstoÉ, associou o ex-presidente Lula a uma mansão em Punta Del Este.

Garcia afirmou que a Operação Lava Jato estaria investigando Lula por, supostamente, ter recebido indevidamente o imóvel de presente do empresário Alexandre Grendene Bertelle, um dos donos da rede de industrias de calçados Grandene. O empresário seria dono de várias mansões em Punta Del Este.

Lula processou a IstoÉ pela calúnia e ao perceber que também seria processado, Garcia foi ao ar dizendo que um amigo e vizinho da suposta mansão dada a Lula por Grandene, alertou o colega que nunca vira Lula ou Grandene no local e que o imóvel não pertencia ao ex-presidente.

Na retratação, Garcia atribui seu erro a um boato, criado por guias turísticos da cidade.

Um jornalista desse calibre não pode se pautar por boatos, principalmente de guias turísticos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário