PATROCINADORES


quarta-feira, 16 de novembro de 2016

DELEGADO É ASSASSINADO A TIROS APÓS ASSALTO EM FORTALEZA


O delegado Audízio Ferreira Santiago, da Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), foi assassinado na manhã desta terça-feira (15) na Rua Noruega, no bairro Maraponga, em Fortaleza, após ser baleado em um assalto, de acordo com informações da Polícia. Conforme o Comando de Policiamento da Capital (CPC), o delegado, que estava desarmado, sofreu uma tentativa de assalto, reagiu e foi alvejado no rosto por um casal de bandidos em uma moto. Ele morreu no local. Os criminosos, em seguida, abandonaram o veículo, fugiram a pé e roubaram outra motocicleta, que já foi encontrada no Barroso Eles levaram apenas um celular de Audízio. Diligências estão em curso para capturar os suspeitos. Amâncio Ferreira Santiago, irmão do delegado, contou que Audízio estava de folga. Ele saía da igreja com o filho e a namorada do filho, quando foi abordado pelos bandidos. O irmão disse também que o delegado ia se aposentar no dia 26 deste mês. "Ele era pacato, um defensor da não violência", lembra Amâncio. Delegados da Polícia Civil e policiais foram ao local do crime prestar solidariedade à família da vítima. Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), juntamente com a Polícia Civil, lamentou "profundamente a perda do policial, ao passo que se solidariza com seus familiares e amigos". Por volta das 12h40, a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) levou o corpo de Audízio para o Instituto Médico Legal (IML). No mesmo horário, a polícia começou a deixar o local do crime e liberar a rua. O caso desta terça-feira aumenta a lista de policiais vítimas de homicídio no Ceará neste ano. De janeiro até hoje, 25 agentes de segurança já foram assassinados, o que supera os 15 registros do ano passado. Na maioria dos casos, os policiais estavam de folga e à paisana quando acabaram assassinados por criminosos. (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário:

Postar um comentário