PATROCINADORES

sexta-feira, 23 de março de 2012

LAUDO: WHISTNEY HOUSTON MORREU AFOGADA APÒS CONSUMIR COCAINA



Laudo: Whitney Houston morreu afogada após consumir cocaína

Polícia de Los Angeles disse que 'afogamento acidental' foi causa da morte. Cantora morreu em hotel antes de festa do Grammy, em fevereiro


Da Redação
publicidade
A causa oficial da morte de Whitney Houston foi "afogamento acidental", informou a polícia de Los Angeles, nesta quinta-feira (22). Segundo relatório do legista do caso, a cantora tinha consumido cocaína antes de sua morte. Uma doença no coração também foi um fator importante, ainda segundo relatório.

O porta-voz da polícia, Craig Harvey, disse que os resultados dos exames toxicológicos indicaram que "Houston era uma usuária crônica da cocaína".
Várias garrafas de medicamentos com prescrição foram encontradas em seu quarto de hotel, mas as autoridades legistas disseram que não estavam em quantidades excessivas.

Outras drogas identificadas no corpo de Houston foram maconha, alprazolam (xanax), ciclobenzaprina (flexeril, relaxante muscular) e difenidramina (Benadryl, para alergia), mas eles "não teriam contribuído para a morte".


Whitney foi encontrada morta por um integrante de sua equipe na banheira de uma suíte no quarto andar do Beverly Hilton, hotel de Los Angeles, em fevereiro deste ano. Ela estava hospedada no local para se apresentar em uma premiação deste sábado em homenagem a Clive Davis, empresário que a descobriu quando tinha apenas 11 anos de idade.

De acordo com o site TMZ, a polícia não encontrou drogas no quarto em que a artista estava no Beverly Hilton, apenas medicamentos controlados. Dentre eles o Xanax, para ansiedade. O TMZ afirma que Whitney costumava tomar a medicação antes de se apresentar ao vivo. A polícia de Beverly Hills encontrou cerca de seis frascos de remédios no quarto dela. As informações são do G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário